Após se envolver em acidente, ex-BBB Diego Alemão é indiciado por lesão corporal e embriaguez ao volante.
22/05/2020 11:26 em Brasil

O ex-BBB Diego Gásquez, conhecido como Diego Alemão, que se envolveu em um acidente, em Curitiba, foi indiciado pela Polícia Civil por lesão corporal consumada, ameaça, embriaguez ao volante e desacato. Ele foi preso no dia 18 de abril, quando ocorreu o acidente, e solto um dia depois após pagar fiança de R$ 7 mil.

O inquérito foi concluído na quarta-feira (20) e assinado pelo delegado Leonardo Bueno Carneiro.

 

A batida

O acidente aconteceu na Rua Alencar Guimarães , no bairro Santa Quitéria, e envolveu o carro do ex-BBB e do motorista de aplicativo Fábio Reis Rosário. Quando os policiais chegaram ao local da batida, Alemão se recusou a fazer o teste do bafômetro. O delegado Leonardo Carneiro disse que o ex-BBB deu um soco no motorista de aplicativo e desacatou a equipe.

O motorista Fábio Rosário disse que o carro dele estava estacionado aguardando ser chamado para corridas, quando foi atingido pelo veículo de Diego Alemão. Ele também relatou que Diego insistiu para que a polícia não fosse chamada, e o agrediu no rosto. Quando os policiais chegaram ao local do acidente, Alemão se recusou a fazer o teste do bafômetro. Em um áudio, um policial militar que atendeu o ocorrido contou sobre as ameaças e desacato. "Ele não atendeu de forma educada a todo momento que eu e meu companheiro de equipe pedimos", relatou. "Portanto, excelência, não restam dúvidas que as condutas praticadas por Diego Bussolotti Gasques se enquadram perfeitamente nos artigos 306 da Lei 9.503/97 c/c artigos 129, 147 e 331, todos do Código Penal, razão pela, nesta oportunidade, promovo o indiciamento do acusado nas iras dos citados dispositivos", disse o delegado ao concluir o inquérito.

O caso agora segue para o Ministério Público do Paraná (MP-PR), que deve decidir se oferece ou não denúncia.*G1

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!