Candidata do Enem tem autorização para entrar em local de prova sem documento, mas depois é eliminada na Bahia.
05/11/2018 11:45 em Bahia

Aos 20 anos, o sonho da estudante Simoni Oliveira de ingressar em um curso de farmácia foi adiado mais uma vez, No Domingo (4), após ela ser impedida de fazer a prova do Enem por esquecer o documento de identificação em casa, em Salvador. A candidata chegou a entrar na sala onde faria o teste, mas, depois de ter a permanência no local autorizada por uma fiscal, foi informada pela mesma mulher que não poderia participar do exame, por não ter apresentado o documento de identificação. Em entrevista ao G1, a estudante, que é moradora do bairro Luís Anselmo, contou que, mesmo com o tempo corrido, chegou com 20 minutos de antecedência na escola e poderia ter ido buscar o documento em casa, a tempo de voltar para fazer a prova, mas confiou na fiscal e ficou, na esperança de que poderia participar do exame sem a identidade. A estudante conta que só foi orientada a sair da sala quando faltavam dois minutos para o fechamento dos portões, às 11h58. Ela chegou a conversar com a coordenadora do local de prova, mas não houve o que fazer.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!