Mãe faz DNA, descobre que bebê de 9 meses não é dela e denuncia troca de recém-nascidos em maternidade de Mato Grosso.
28/02/2018 - 10h19 em Brasil

A jovem Francielli Monteiro Garcia, de 24 anos, denunciou uma troca de recém-nascidos na maternidade do Hospital Regional de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, após descobrir que o filho que cria há nove meses não é o mesmo ao qual ela deu à luz no dia 20 de maio do ano passado. A descoberta ocorreu em outubro do ano passado e foi confirmada no mês seguinte, após a realização de exames de DNA. O caso é acompanhado pela Defensoria Pública do estado. Por meio de nota, o Hospital Regional de Alta Floresta confirmou que as duas mães ficaram alojadas no mesmo ambiente após o parto, em conjunto com os respectivos filhos, até a alta hospitalar e que não houve falha nos procedimentos adotados pelos funcionários da unidade. De acordo com o hospital, os recém-nascidos saíram "corretamente identificados constando o nome da mãe, data, horário do nascimento e sexo". O defensor público Túlio Pontes de Almeida é quem acompanha o caso, em Alta Floresta. Por meio de assessoria, ele afirmou que uma audiência deverá ser feita na quinta-feira (1º) com as famílias para saber como o caso será tratado na Justiça.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!